31 2111-5888 / 31 3291-3238

ACERVO CELINA COSTA

Os programas da viagem são bem diferenciados, com surpresas agradáveis, muitas inimagináveis.
Celina Costa

Há mais ou menos dois anos, uma amiga elogiou muito as viagens do Flávio Géo. Fiz então a primeira de uma série que, tenho certeza, continuarei fazendo.

Os programas da viagem são bem diferenciados, com surpresas agradáveis, muitas inimagináveis. Na primeira em que fui, a visita que fizemos a monumentos arqueológicos em Gobustan, no Azerbajão, me marcou muito. Sem que pudéssemos imaginar, surgiram três vozes de tenores maravilhosas, acariciando-nos os ouvidos num lugar tão lindo e distante.

Visitamos, em São Petersburgo, um museu depois do horário aberto ao público em geral. Éramos nós e o guia somente. Maravilha!!! E que tal, depois de um dia de viagem, sermos recebidas no hotel com champanhe e massagem nas mãos e braços? Tudo de bom!!!

Passeando pela selva africana, de repente paramos, e todos fomos convidados a descer… hora do piquenique… ninguém nunca imaginaria isso. Champanhe e petiscos, uma delícia. Ver o pôr-do-sol no rio Chobe e esperar a travessia dos elefantes para dormirem em terra firme. Coisa linda!!! Em um hotel isolado na selva africana, ter um chá inglês à tarde não é para muitos, não.

Somando à exclusividade do programa, Flávio nos passa muita segurança, tem um humor maravilhoso, sempre sorrindo e disposto a resolver nossos problemas. Quando nos sentimos cansados, ele logo diz: “descansa um pouco e vamos, você vai adorar!”. Esse empurrãozinho nos ajuda muito a aproveitar tudo.

Seus guias são ótimos, sempre prontos a nos ajudar, resolvendo todos nossos probleminhas, sejam de passeios diurnos ou noturnos. Isso e muito mais são coisas que Flávio nos oferece, fazendo, pois, toda diferença.

Já fiz duas viagens com Flávio e quero continuar viajando muito mais.

Celina Costa

ACERVO MARIA LUIZA

Com o Flávio, o imprevisível é superado porque ele é inteligente, sereno, sensato e se sai muito bem em situações inusitadas.
Maria Luiza Verdolin Araújo

Com o Flávio, o imprevisível é superado porque ele é inteligente, sereno, sensato e se sai muito bem em situações inusitadas.
Se “o Homem veio do pó e para o pó voltará” deve ser essa a explicação para a sensação de liberdade que sentimos quando colocamos “o pé na estrada”.

Viajar é fascinante, mas também um desafio. Temos que sair de nossa zona de conforto, romper amarras, deixar para trás responsabilidades, problemas, enfim, tudo o que é rotineiro e nos causa tanto estresse.

Vamos superar as próprias limitações, sentir a relatividade do tempo, desvendar as diversas culturas locais, o contexto histórico, seus valores, crenças e costumes. Tudo se torna mágico quando deixamos fluir as emoções, a imaginação e a sensibilidade. Mudam-se as paisagens, algumas estranhas, outras exóticas, mas as belezas naturais sempre nos encantam… e vamos aumentando nossa bagagem cultural, tornando-nos pessoas mais sábias e melhores.

Gostaria de dirigir algumas palavras ao Flávio Géo, meu “amado Mestre”: de suas inúmeras qualidades, as que mais admiro são a paciência, o carisma e seu amor pelo que faz. Ele é um gentleman e age com diplomacia, conduzindo grupos tão heterogêneos, dando atendimento personalizado a seus clientes, que se tornam seus amigos. Com o Flávio, o imprevisível é superado porque ele é inteligente, sereno, sensato e se sai muito bem em situações inusitadas.

Deixo aqui meu carinhoso agradecimento ao Flávio e espero contar sempre com ele na realização de meus novos sonhos, pois acredito que “não há limites para sonhar”. Basta acreditar!.

Maria Luiza Verdolin Araújo

ACERVO FLAVIO E LEYLA

Viajar com Flávio Géo é sempre uma grande surpresa!
Flavio Resende e Leyla Albuquerque

Além de nos proporcionar grandes oportunidades de conhecer lugares inesquecíveis, como os da nossa última viagem em maio para Sossusvlei, no Deserto da Namíbia, tem também a capacidade de transformar um simples encontro, em momentos inesquecíveis. Gostaríamos de parabenizá-lo pelo seu profissionalismo e carinho com que nos recebe em suas viagens.

Flavio Resende e Leyla Albuquerque

  • 1
  • 2